Onde encontro um pouco de alegria natalino?

Então, já faz mais de 3 meses que consigo colocar algum post nesse blog. A loucura e correria da vida me atropelou desde que voltei aqui para o Brasil em outubro. Com poucos dias de volta, já estava engajada em alguns dos ministérios que tive antes, e ocupada em terminar a minha monografia para o meu curso de Gastronomia. Tem sido uma alegria está de volta “em casa”, e de reencontrar os meus nichos, com tudo que é familiar e confortável. Agora que já terminei 95% do meu TCC, já passei pelo primeiro ciclo de ensino no cultinho das crianças, ajudei a planejar o principal evento do ano da mocidade, voltei a dar aulas de Inglês (com mais de 15 aulas por semana), e participei no programa de Natal da igreja, estou finalmente com um pouquinho de tempo para sentar e relaxar. Só um pouquinho.

Aqui estamos, com Natal em poucos dias, e eu não tenho tido tempo para poder me concentrar e entrar no “espírito natalino”. Sempre curti essa época do ano, e acho que, da minha família, sempre fui a que mais gostava dessa época do ano. Esse ano, porém, tem sido especialmente difícil.

Foi no dia de Natal do ano passado, que minha vó foi diagnosticada com câncer já metastizado. Esse ano temos tido muitos baixos e alguns poucos altos em nossa família. Mas apesar de todo o estresse e aflições, eu espero ter um Natal em que posso refletir em Cristo e o que o motivou de se encarnar como criança. Até poucos dias atrás, não tínhamos decorado nada aqui em casa, e até a minha tradição favorita de escutar músicas de Natal não tenho feito. Alguns podem dizer, que essas tradições não são necessárias para comemorar o Natal, e podem estar certas, mas essas tradições me ajudam a lembrar nesse período desse bebezinho que iria mudar a história. A encarnação do Cristo em um ser tão indefeso, sem honra, sem prestígio, sem grande imponência. A razão desse feriado é provavelmente o maior evento a mudar a história de toda a humanidade. Deveríamos ter celebrações e festas e decorações! Celebramos a vida de um bebezinho que iria mudar o curso do mundo, a decisão de Deus de se tornar um homem perfeito e sem pecado, para que pudéssemos ter vida através desse bebezinho.angels

Essas últimas semanas, enquanto ensinava no cultinho das crianças, sempre começava a aula com pedidos de oração e agradecimentos, e toda semana, pelo menos uma das crianças iria agradecer por “Deus ter morrido na cruz por nossos pecados. ”  Essas crianças de apenas 4 a 6 anos, entendem o que é realmente importante. Quantas vezes durante a nossa semana ocupada, paramos para agradecer especificamente pelo amor de Jesus e ter morrido na cruz? Tem dia, que para parar um pouco e ler e meditar na Palavra é difícil, quanto mais a oração. E mesmo quando paro para orar e ler, são poucas as vezes que paro para agradecer por isso. Quantas vezes eu paro e agradeço a Deus não somente por seu sacrifício, mas de abandonar a sua glória celestial e divina e se entregar como bebê? Ele sendo Deus, não precisava nos redimir, mas por seu amor, viveu a vida de uma homem, como nós, mas vivendo em perfeição e sem pecado.

Esse ano, Deus tem me abençoado tanto com coisas físicas, e mensuráveis, mas algo que nunca faltou, o presente que ele nunca deixou de me oferecer é a sua graça, misericórdia e perdão. Não posso, nunca, me esquecer de agradecer por esses dons. Pra mim, celebrar o Natal e entrar no “espírito natalino” significa interromper a minha vida de corre-corre um pouco, para refletir um pouco mais no amor de Cristo à mim.

Então, pra quem mais estiver com dificuldade com espírito natalino, assim como eu, aqui está a minha lista de afazeres pra essa época de natal: algumas coisas que tentarei fazer nos próximos dias e semanas para focar no que realmente devo me focar.

  1. Decorar uma pequena árvore de Natal 
    Nossa família sempre colocava alguns enfeites pela casa, coisas que nos lembravam sobre Jesus bebê. Também, quando crianças sempre ganhávamos enfeites de Natal com algo específico para cada pessoa; muitas vezes como lembrança de alguma benção de Deus à nós durante o ano. Por exemplo, no ano em que aprendi a ler, minha mãe me deu um enfeite em formato de lápis, e um ano. Aprendemos desde cedo, a agradecer a Deus por nossas pequenas vitórias durante o ano.xmas-tree
  1. Ler por inteiro o livro de Lucas
    Também sempre liamos a história do nascimento de Jesus pelo Evangelho de Lucas durante o mês de Dezembro.
  1. Gastar tempo com a família, meditando sobre Cristo e seu amor
  1. Escutar música de natal
    Gosto de escutar as músicas de natais. Algumas bem mais reflexivas no presente de Deus, e outras mais divertidas. Mas sempre me ajudam a mudar o foco da correria para a celebração que está chegando.
  1. Assistir algum filme de Natal
    Filmes de Natal também são muito bons para entrar no ritmo natalino.
  1. Ter uma noite de “frio”
    Morar em um país tropical, mas conhecer o Natal como “White Christmas” de outros países, as vezes pode desanimar o espírito natalino. Em outros anos, já fiz uma noite em que deixava o ar condicionador ligado no quarto, deixava bem frio, colocava pijama bem confortável, e agasalhava com um cobertor pra assistir algum filme natalino e tomar chocolate quente com marshmallows.
  1. Gastar tempo relaxando com os amigos.
  1. Assar biscoitos de natal ou alguma outra sobremesa
    Uma das tradições americanas de natal, é de fazer biscoitos decorados ou outras sobremesas e de dar de presente aos vizinhos. De vez em quando, nossa família fazia isso, e sempre entregávamos com algum folheto do evangelho para os vizinhos descrentes. Hoje em dia, como eu sou a confeiteira de casa, quero continuar essa tradição.

    original_url: A2EF99E1-5D0B-461F-BB3B-4D8371002A0B
    original_url: A2EF99E1-5D0B-461F-BB3B-4D8371002A0B
  1. Memorizar Isaías 9:3, 6-7
    image2
  2. Olhar algumas fotos antigas da família em época de Natal
    Morando distante de muitos familiares, a época de Natal em muitas vezes foi uma época em que víamos familiares que passamos até anos sem vê-los. Hoje, com todos os meus irmãos morando longe, é ainda mais difícil todos se encontrarem para uma comemoração só. Na verdade, a única maneira que conseguimos reunir a família toda é através do Skype. Então, olhar algumas fotos antigas de natais anteriores é legal, divertido e nostálgico.old-xmas
  1. Comprar um presente extra especial para alguém
    Na nossa família esse ano, não estaremos gastando muito dinheiro no Natal. Iremos comprar apenas um presente para uma pessoa. Mas quero escolher alguém, da  minha família, ou da roda dos meus amigos, ou talvez até alguém que queira me aproximar mais, a comprar um presente extra especial para eles.
  1. Tirar uma foto em família
    Para lembrarmos desse ano, as bênçãos que ele tem nos dado durante esse ano de 2016, e para no futuro recordarmos e contarmos aos nossos filhos como Deus nos abençoou nesse ano.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s